terça-feira, 12 de março de 2013

Rio Branco dispensa seis jogadores

Atletas haviam sido afastados semana passada; motivo, segundo diretor, é “um pouco a parte técnica”

Junai perde pênalti em jogo contra o Red Bull, pela Série A-2; atleta foi um dos liberados pelo Tigre
O Rio Branco vai liberar, a pedido da comissão técnica, seis jogadores: o volante Everton, que está retornando ao Mirassol, o zagueiro Fernando Belém, os meias Juninho e Junai, o lateral-esquerdo Valmir e o volante Mateus, afastados semana passada. Eles não estão nos planos do técnico Luizinho Quintanilha. Mateus, lesionado, só será liberado após sua recuperação.

“Assim que tivermos condições de fazer o acerto, vamos liberá-los. Os jogadores estão fora dos planos. O motivo é um pouco a parte técnica. A comissão técnica tem o direito de trabalhar com quem se sente seguro”, disse o diretor de futebol, Júlio César.

Sobre as dispensas que vem ocorrendo desde o ano passado e culminaram, ontem, com nova liberação de atletas, o diretor disse que no trabalho houve erros e acertos. “Os erros e acertos fazem parte do trabalho. Pode ser que estejamos errando novamente, mas existe uma convicção e por isso a medida está sendo tomada. Estamos trabalhando desde o ano passado com uma sequência de idéias claras. Montamos uma grande time para a Copinha, que não deu certo. Na Série A-2 o objetivo era formar um time competitivo, todos gostaram do elenco, mas infelizmente as coisas não aconteceram. A diretoria, atletas e comissão técnica estão tentando fazer o melhor”, frisou o dirigente.

Após o jogo de Rio Claro, o técnico Luizinho disse que o seu grupo de jogadores estava fechado para ir até o fim.

Desde que se começou o trabalho do Tigre visando a Série A-2 foram liberados 25 jogadores: Thiago Gasparetto, Goeber, Maurício, Raikar, Romarinho, Gustavo, Alexandre, Charles, Leandro (que pediu para sair), Josiel (liberado por problemas de indisciplina), Neto Gaúcho, Paulo César, Fábio Santos, Júlio César, Bernardi, André Sangalli, Sandro Hiroshi, Alex Souza e Leonardo e, agora, Everton, Fernando Belém, Juninho, Junai, Valmir e Mateus.

O volante Júlio César e Sandro Hiroshi foram reintegrados após a saída do técnico Luiz Carlos Ferreira. O meia-atacante Alex Souza deixou o clube ao não concordar com valor de acerto passado pela diretoria do clube no final do ano passado.

O lateral-esquerdo Marcos Felipe, mesmo mancando, devido a uma paulistinha que levou na coxa esquerda no jogo de sábado, treinou ontem à tarde. O meio-campista Melinho foi poupado, e o técnico Luizinho Quintanilha mostrou no treinamento que deverá manter o esquema da equipe com três zagueiros contra o São Carlos, amanhã, às 20h, em Americana.

O provável Tigre tem Ricardo; Jomar, André Leone e Sandoval; Arnaldo, Júlio César, Dias, Melinho e Marcos Felipe (Galego); Lukian e Sandro Hiroshi (Leandrão).

Com exceção do volante Rodrigo Celeste, suspenso, que dá sua vaga a um atacante, a base da equipe é a mesma que goleou o Rio Claro por 3 a 0.

FONTE : JORNAL TODO DIA 

MALUCOS DO TIGRE 23 ANOS 

0 comentários:

Postar um comentário